Carta Pública – Saneamento Urbano da Cidade de Évora

Carta Pública

Saneamento Urbano da Cidade de Évora

 

Exmo. Senhor

Carlos Pinto de Sá

Presidente da Câmara Municipal de Évora

 

Évora já não é o que era. Évora está pior. Évora está suja!

Não é preciso andar muito para encontrarmos sinais de falta de cuidado com a limpeza e a manutenção da nossa cidade.

Em volta da muralha, o que era para ser um espaço verde, está a tornar-se num espaço cheio de ramos e ervas que por pouco não chegam à estrada, destruindo assim um dos pontos de acesso e cartão de visita da cidade. Sendo certo que já começaram a ser tomadas medidas, precisamos de certezas relativamente à manutenção daquele espaço tal e qual como foi imaginado de início.

É chocante passar por algumas zonas da cidade e nela encontrar vários sacos de lixo espalhados no passeio. Por todo o lado crescem ervas e ramos secos colocando em causa a segurança dos munícipes como há bem pouco tempo tivemos oportunidade de assistir. É ainda mais chocante estar no principal ponto turístico da cidade e ver eborenses e turistas incomodados com o cheiro a lixo que se faz sentir.

Em todas as freguesias há sinais de falta de limpeza e de cuidado com a manutenção das estradas e dos passeios.

Para os peões o cenário não muda. Com os passeios repletos de ervas e de buracos, torna-se quase impossível a passagem em segurança.

Será preciso acontecer alguma tragédia para que vejamos a Câmara Municipal de Évora a actuar?

Foi de facto impressionante ver o empenho da Câmara Municipal e dos seus funcionários na reabilitação de espaços pertencentes a proprietários privados.

Pena é que tal empenho não se veja nos espaços públicos da responsabilidade da Câmara Municipal de Évora.

Uma cidade património mundial e capital de distrito merece mais. Muito mais!

Entristece-nos ver o que Évora já foi e no que Évora se está a tornar sem que os seus órgãos executivos se mostrem minimamente preocupados em actuar. Não podemos continuar a ver a nossa cidade a degradar-se sem nada fazermos.

Assim, questionamos directamente o Sr. Presidente relativamente aos passos que pretende tomar para devolver a higiene e a limpeza aos habitantes de Évora e a todos aqueles que diariamente a visitam.

Temos claro outras medidas previstas que cremos desnecessárias se V. Exa e a sua equipa começarem a devolver à cidade aquilo que a têm feito perder ao longo deste tempo.

Neste sentido gostaríamos de ver esclarecidas as seguintes questões:

1 – Quais as medidas efectivas que irão ser tomadas a curto e longo prazo para que esta situação termine em definitivo?

2 – Atendendo ao recente desbloqueio de verbas pelo Governo, qual o número de trabalhadores a contratar para a rápida resolução desta questão?

3 – Quais as garantias existentes para a regular manutenção das máquinas de limpeza, evitando assim o mau cheiro sentido por habitantes e visitantes?

Entretanto continuaremos atentos e a denunciar todos os casos que todos os dias nos vão chegando.

Évora merece mais e continuaremos a lutar pela beleza que sempre a caracterizou.

 

Évora, 07 de Setembro de 2016

 

Secretariado Concelhio da JS Évora

Podes consultar aqui a Carta Pública em PDF

Leia Mais

JS - Capa Encontro Nacional de Concelhias (1920x711)

Encontro Nacional de Concelhias

A Juventude Socialista irá organizar, nos dias 12 e 13 de março, um encontro nacional de concelhias que decorrerá na cidade de Évora.

Este encontro surge na sequência do processo eleitoral harmonizado das estruturas locais e federativas da JS, que decorreu em novembro e dezembro de 2015, tendo envolvido núcleos de residência, concelhias e federações.

Assim, por forma a articular a atividade política da Juventude Socialista para este novo ciclo que agora se inicia, a organização irá promover uma iniciativa de âmbito nacional, cujos detalhes serão conhecidos brevemente.

Para a Juventude Socialista de Évora é uma grande honra receber este encontro nacional, principalmente pela magnitude que uma actividade deste âmbito e dimensão tem numa estrutura jovem partidária, como a JS.

aqui a notícia (página da Juventude Socialista).

Leia Mais

João Romão reeleito Presidente da Federação de Évora da JS

João Romão

Decorreu no passado dia 12 de Dezembro, o XI Congresso Federativo de Évora da JS. A moção “Gerações com Futuro”, cujo primeiro subscritor foi o camarada João Romão, foi votada por unanimidade, tal como foram as listas apresentadas aos órgãos federativos para o mandato de 2015/17.

A JS Évora congratula o camarada João Romão, que é assim eleito para o seu terceiro mandato à frente da Federação de Évora da Juventude Socialista, tendo sido também eleita, a camarada Rita Paias como Presidente da Comissão Política Federativa.

Militante da Juventude Socialista desde os 15 anos, João Romão, eborense, é assim eleito para o seu terceiro mandato (depois de um primeiro mandato intercalar de 6 meses e um segundo de 2 anos) aos 24 anos.

Segundo João Romão, “os tempos que vivemos são novos e de grande esperança, em nada iguais a qualquer coisa que já tenhamos vivido em mais de 40 anos de democracia e teremos agora de adaptar o nosso trabalho político às circunstâncias contribuindo de forma produtiva e assertiva para o futuro do nosso país e da nossa região. A JS Évora é uma estrutura cada vez mais jovem e com pessoas cada vez mais capazes de trabalhar por um futuro mais próspero”.

Leia Mais

Luís Capoulas Santos nomeado Ministro da Agricultura

MAFDR - Luis Capoulas Santos

A JS Évora vem congratular o Presidente da Federação de Évora do Partido Socialista pela sua nomeação para o cargo de Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural na sequência da indigitação de António Costa como Primeiro-Ministro de Portugal.

Luis Capoulas Santos já tinha desempenhado estas funções nos governos de António Guterres entre 1998 e 2002, tendo sido Eurodeputado na mesma área entre 2004 e 2014.

Leia Mais

Pray for Paris (1920x711)

Pray for Paris

Mais uma vez o mundo assiste chocado a uma série de ataques terroristas desta feita na capital francesa.

Mais uma vez dizemos não ao terrorismo como forma de incutir medos e ideologias.

Sem medo e com solidariedade para com o povo francês reiteramos aqui a nossa luta pelos valores da igualdade, da liberdade e da fraternidade.

Leia Mais

Comunicado sobre o recurso a meios Autárquicos para fins Políticos

A Juventude Socialista de Évora vem manifestar a sua surpresa e desagrado com o recurso a meios de transporte pertencentes à Autarquia para a deslocação de elementos de determinada facção partidária a uma manifestação.

Num Concelho em que, constantemente, associações representativas dos seus munícipes têm que enfrentar diversos obstáculos para sequer pensar ter este tipo de meios ao seu dispor não nos podemos calar quando os meios pertencentes à Autarquia são utilizados para fins políticos.

Independentemente do momento que se atravesse, há que saber separar a responsabilidade autárquica das convicções políticas. Assim, uma Autarquia, não pode colocar ao dispor do partido que representa, meios que pertencem ao Município e que são pagos pelos seus Munícipes e não por qualquer Partido.

Mesmo nos casos em que o transporte seja requisitado e pago, o que é certo é que a diferença de tratamento se mantém. Não raros são os casos em que Associações Culturais são obrigadas a recorrer a meios de transporte próprios ou ao aluguer a terceiros porque o Município que vão representar não tem o transporte necessário disponível.

Lamentamos mais uma vez esta atitude na esperança que, em situações futuras, o actual Executivo Camarário tenha a capacidade de traçar a distinção entre os interesses do Partido e os interesses dos Munícipes que juraram representar.

Representar não é discriminar. Representar não é afastar.

Representar é ter como nosso Partido o nosso Concelho e não ter o nosso Concelho ao serviço de determinado partido.

Évora, 10 de Novembro de 2015

Secretariado Concelhio da JS Évora

Podes consultar aqui o Comunicado em PDF

Leia Mais

Rita Paias reeleita Presidente da Concelhia da JS Évora

Decorreram ontem as eleições concelhias da JS Évora, resultando numa vitória por unanimidade, da já Presidente da Concelhia, a camarada Rita Paias. Acompanha a Presidente, o camarada Diogo Estudante como Vice-Presidente. Nestas eleições, a estrutura conseguiu renovar em grande parte os seus órgãos, depois do grande flagelo que foi ver, diversos camaradas emigrarem por falta de condições laborais.

Conhece os órgãos concelhios recentemente eleitos.

Leia Mais