Diogo Estudante eleito Vice-Presidente da Federação de Évora da JS

 1_Diogo_EstudanteDecorreu no passado dia 20 de Janeiro, no Alandroal, a primeira reunião da Comissão Política da Federação de Évora da Juventude Socialista, do mandato 2017/19, tendo o atual Presidente da Concelhia, Diogo Estudante, sido eleito Vice-Presidente da Federação.

“O Diogo tem demonstrado capacidade, trabalho e ideias e estando eu algumas vezes indisponível, não tenho a menor dúvida que ele manterá a normal atividade da Federação.” Afirmou o Presidente da Federação, David Serrachino, aquando da apresentação do nome escolhido para o cargo, imediatamente antes da referida eleição.

Na mesma reunião foram ainda eleitos, a mesa da CPF e o Secretariado da Federação, Foi também entregue o diploma de militante honorária, à camarada Rita Paias, eleita para esse estatuto, durante o XII Congresso da Federação, do passado dia 16 de Dezembro.

Leia Mais

Comunicado – Situação da Escola Secundária André de Gouveia

No passado dia 17 de Janeiro, a Escola Secundária André de Gouveia esteve sem aulas, segundo a sua diretora, por falta de funcionários auxiliares não estavam reunidas as condições mínimas de funcionamento da escola.

A Juventude socialista de Évora vem, por isso, expressar o seu espanto e desagrado relativamente à situação. Suspender todas as aulas de uma escola é algo bastante radical, principalmente quando é uma escola sede de um agrupamento e assim pode a direção gerir os seus funcionários auxiliares de acordo com as necessidades das diferentes escolas, suprindo desta forma temporariamente possíveis lacunas verificadas, até os funcionários auxiliares de baixa voltarem ao serviço ou novos serem entretanto admitidos como está, aliás, já previsto.

Causa-nos alguma estranheza também a falta de intervenção da Câmara Municipal de Évora, tendo em conta que gere funcionários auxiliares de outras escolas do Concelho.

Os alunos não terem aulas era mesmo a única opção possível para o problema da falta de funcionários auxiliares da escola? Não seria antes a última opção a tomar esgotadas todas as outras? Não devia a Câmara Municipal fazer esforços para que a situação não chegasse ao ponto a que chegou e por isso contribuir, mesmo que temporariamente, até que o problema fosse resolvido?

Outro assunto que nos deixa apreensivos é o papel da Câmara Municipal na requalificação desta mesma escola. Apesar de ter sido sinalizada para requalificação já há algum tempo, foi o atual governo que encontrou uma solução para desbloquear a situação e para que a escola pudesse mesmo vir a ser requalificada. Nós sabemos no que diz respeito à Escola Secundária André de Gouveia, a Câmara Municipal de Évora não quer ter quaisquer responsabilidades, mas não é menos verdade, que por todo o país o Ministério da Educação tem chegado a acordo com as mais diversas câmaras municipais verdadeiramente interessadas em que as diversas escolas dos seus Concelhos possam ser requalificadas.

A Câmara Municipal de Évora, pelo que assistimos, é que parece tornar isso impossível, porque mesmo tendo o seu executivo feito diversas visitas a escolas e comentários sobre o assunto, nas negociações do acordo de requalificação desta escola em particular, fica tudo muito aquém do que é dito. Parece-nos a nós que a Câmara não quer gastar nada com a requalificação da Escola Secundária André de Gouveia, dando mais uma vez a elevada dívida do Concelho como desculpa. A dívida não pode justificar tudo, como vimos em alguns casos no passado recente.

Não será do interesse do Município ter uma das suas escolas secundárias em boas condições de funcionamento? Não deverá a Câmara empenhar-se em ajudar a referida escola com alguns dos seus problemas pontuais, como os da cozinha do refeitório ou através de algumas reparações pontuais na infraestrutura da escola, que serão mais tarde resolvidos definitivamente com a tal requalificação?

Se não quer ser parte da solução, qual é o papel que a Câmara Municipal de Évora pretende assumir?

Estas são algumas das questões que nos inquietam em toda esta situação e que gostávamos de ver esclarecidas por quem de direito, para lá de todo o mediatismo que houve em torno desta lamentável situação.

Évora, 19 de Janeiro de 2018

Saudações Socialistas

Secretariado da Concelhia

Podes consultar aqui o Comunicado em PDF

Leia Mais

David Serrachino é o novo Presidente da Federação de Évora da JS

David_Serrachino

Decorreu no passado dia 16 de Dezembro, em Redondo, o XII Congresso da Federação de Évora da JS. A moção “Juntos pelo Alentejo”, cujo primeiro subscritor foi o camarada David Serrachino, foi votada por unanimidade, tal como foram as listas apresentadas aos órgãos da Federação para o mandato de 2017/19.

A JS Évora congratula o camarada David Serrachino, que é assim eleito para o seu primeiro mandato à frente da Federação de Évora da Juventude Socialista, tendo sido também eleito, o camarada João Rocha como Presidente da Comissão Política da Federação.

David Serrachino elegeu como prioridades o emprego, o aumento do rendimento, a educação e o combate à precariedade laboral.

“É com os olhos colocados nestes últimos anos de trabalho e desenvolvimento que consideramos que estão reunidas todas as condições para dar mais um passo em frente, investindo e concentrando a maioria dos nossos esforços para a consolidação de um Governo de Esquerda”, afirmou na sessão de encerramento do congresso.

No Congresso da Federação foi também enaltecido todo o trabalho do agora Ex-Presidente da Federação, João Romão, que se despediu das lides à frente da Federação de Évora, depois de 3 mandatos na sua liderança.

Foi ainda eleita militante honorária, a camarada Rita Paias, que se despede a breve trecho da Juventude Socialista por atingir o limite máximo de idade da estrutura.

Leia Mais

Capa (1920x711)

Manifesto Autárquico 2017

A Juventude Socialista de Évora lança o Manifesto Autárquico 2017.

Um documento feito a pensar no futuro de Évora e dos Eborenses.

Ao longo das próximas semanas iremos divulgar individualmente as medidas do manifesto, por forma a que possas dar a tua opinião. Pedimos ainda que quando divulgares as tuas propostas coloques a #ManifestoAutarquico2017.

aqui o que temos a dizer!

 

#JSEvora #ManifestoAutarquico2017 #DoLadoCertodaHistoria

Leia Mais

capa-xx-congresso-nacional-da-js-2-1920x711

XX Congresso Nacional da JS

A Juventude Socialista reúne-se este fim-de-semana, dias 16, 17 e 18 de Dezembro na Póvoa de Varzim, para a sua reunião magna, onde será eleito o novo Secretário-geral da JS, assim como os órgãos nacionais e os representantes da JS na Comissão Nacional do PS.

A JS Évora marca presença, mais uma vez, com os seus delegados, a demonstrar a força do distrito de Évora e do Alentejo e a lutar por um futuro melhor para todos os jovens.

Saudações Socialistas

Leia Mais

Comunicado – Reunião com o Sr. Presidente da Câmara

Comunicado

Reunião com o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Évora

(Carta Pública – Saneamento Urbano da Cidade de Évora)

 

Recentemente, a Juventude Socialista de Évora enviou uma carta pública ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, sobre o estado quase calamitoso a que chegou a manutenção das zonas verdes e a higiene urbana da cidade em tempos recentes. Nesse sentido a concelhia recebeu um convite para reunir com o Sr. Presidente, para ouvir as explicações oficiais sobre os motivos que levaram a tamanho descuido na imagem e na limpeza da cidade.

Na reunião recebemos a promessa de que a situação em causa já está a ser tratada e que os espaços em questão já estão a ser cuidados. O que não recebemos, foi uma garantia de que isto não se irá repetir para o ano (“Prognósticos, só depois do jogo”, foi-nos dito).

Soubemos que a Câmara tem vindo a realizar acções de sensibilização e fiscalização junto dos habitantes e dos negócios locais. Soubemos também que é a estes que devemos imputar a principal parte da culpa.

Quanto à recolha de lixo com camiões (que desconfiamos que não são lavados regularmente) com um cheiro nauseabundo, a horas de jantar e perto de restaurantes e esplanadas, soubemos que a solução irá antes passar pela relocalização dos depósitos subterrâneos, mas soubemos também que a quantidade será a mesma, ou menor.

Relativamente à manutenção dos espaços, viemos a saber que existe um levantamento de todos os objectos de mobiliário urbano que necessitam de intervenção. Soubemos, no entanto, que este levantamento é do início do mandato e tem, portanto, três anos.

Soubemos que pelas explicações dadas devíamos ficar tranquilos, mas ficámos a achar que é melhor ficarmos vigilantes.

Na reunião com o Sr. Presidente da Câmara, ocorrida nesta sexta-feira, dia 16 de Setembro de 2016, estiveram presentes da Juventude Socialista, o camarada João Romão, dirigente Distrital e o Vice-Presidente da Concelhia, o camarada Diogo Estudante.

 

Évora, 16 de Setembro de 2016

Secretariado Concelhio da JS Évora

Podes consultar aqui o comunicado em PDF

Leia Mais