Capa (1920x711)

Manifesto Autárquico 2017

Cara/o eborense,

Num Concelho com uma população jovem residente a rondar os 9.500 habitantes e com cerca de 8000 estudantes inscritos na Universidade de Évora, é fundamental que os jovens participem e sejam ouvidos ativamente sobre as políticas autárquicas do Município.

Nos últimos quatro anos a opinião dos jovens foi muitas vezes ignorada, com um executivo a achar que uma agenda cultural preenchida por alguns concertos e espetáculos o protegeria de uma intervenção atenta e ativa por parte daqueles que continuam a dar vida ao Concelho.

Com este manifesto, pretendemos mostrar que a voz dos jovens importa e que, para além de políticas recreativas, o nosso Concelho precisa de políticas de crescimento e desenvolvimento, criação de emprego e incentivo à permanência e à constituição de família.

São propostas que abrangem todos os órgãos autárquicos, pois não conseguindo o Executivo Camarário chegar a todo o lado ao mesmo tempo, é importante que, por exemplo, sejam delegadas competências nas Juntas de Freguesia, indo-se assim de encontro às propostas aprovadas recentemente pelo Conselho de Ministros, no que respeita à descentralização de competências nas autarquias locais.

Para nós Évora é mais do que espetáculos para compensar pelos sucessivos erros cometidos pelo Executivo Municipal que tem tornado o nosso Concelho cada vez mais isolado e sem rumo.

É por isso que nos batemos, para nós os eborenses merecem que o nosso Concelho volte a estar no caminho do desenvolvimento e, assim, do lado certo da história.